As pessoas te amam, até não “precisarem mais de você”.