Chega sempre a hora em que não basta apenas protestar: após a filosofia, a ação é indispensável.

Chega sempre a hora em que não basta apenas protestar: após a filosofia, a ação é indispensável.