Quanto mais diferente de mim alguém é, mais real me parece, porque menos depende da minha subjectividade.

Quanto mais diferente de mim alguém é, mais real me parece, porque menos depende da minha subjectividade.