Um homem pode equivocar-se muitas vezes, mas não se converte em um fracasso até que comece a culpar uma terceira pessoa de seus próprios erros.

Um homem pode equivocar-se muitas vezes, mas não se converte em um fracasso até que comece a culpar uma terceira pessoa de seus próprios erros.