Na ausência dos fatos, a dúvida se justifica no homem ponderado.

Na ausência dos fatos, a dúvida se justifica no homem ponderado.