Uma única prova de sacrifício entre duas pessoas que se defrontam, no convívio diário, surge mais eficaz como agente de ensino, que uma vintena de livros impostos para leituras forçadas.

Uma única prova de sacrifício entre duas pessoas que se defrontam, no convívio diário, surge mais eficaz como agente de ensino, que uma vintena de livros impostos para leituras forçadas.